quarta-feira, 20 de março de 2019

Os Namorados


Bem sabemos que esta música não faz parte do nosso primeiro álbum, mas não podíamos deixar passar este dia sem relembrar que a Felicidade não anda sozinha! Ou anda? 

PAIÃO

#DiaInternacionaldaFelicidade

"Os Namorados" faz parte do alinhamento do álbum "Algarismos". É a terceira faixa e corresponde ao nº 2. Em 1985 foi incluído no lado b do single "Versos de Amor". Aparece nas principais compilações do artista ("O Melhor de Carlos Paião", "Letra e Música", "Perfil") e ainda em outras de menos importância.

Os namorados,
vão abraçados, torcidos, curvados, felizes, sozinhos.
Vão aos parzinhos, seguem no mundo, segundo a segundo, descobrem caminhos.
De par em par,
chegam pela rua, fazem dela sua e passam de par em par.
Abrem-se as janelas muitas sentinelas ficam a ver passar.
E enchem a avenida, levam tudo de vencida.
Par a par, par a par,
para ver, para dar.
Par a par, par a par,
pertencer, partilhar.
Os namorados,
têm sonhos e recados para ouvir,
espartilhados,
mas risonhos, encantados por existir, e vão em frente,
como quem caminha e não adivinha o que há para além do presente,
são rei e rainha,
são por vezes dois reis de gente
Reis, contos de fadas, namorados de mãos dadas
Par a par, par a par,
Par a par, par a par,
para ver, para dar
Par a par, par a par,
Par a par, par a par,
pertencer, partilhar
Vão,
andando a par e passo, mão na mão,
a vida é par ou impar e então,
não param, estão a par,
querem dizer, que, não é cedo pra viver,
o tempo é pouco e vai correr,
um par de jarras hão-de ser,
um par, a par
para ter, para dar,
para dar
Par a par,
pertencer, partilhar
()
Os namorados,
seguem unidos, apaixonados, embebecidos
São delicados, comprometidos,
lançam os dados, fazem sentidos…
Os namorados,
seguem unidos, apaixonados, embebecidos
São delicados, comprometidos,
lançam os dados, fazem sentidos…



sexta-feira, 15 de março de 2019

Outras Versões - Versões de canções escritas para outros

Carlos Paião escreveu para muitos outros cantores. Algumas dessas canções obtiveram grande sucesso nas carreiras desses artistas e graças ao seu sucesso também foram gravadas por outros artistas.

Deixamos aqui a informação sobre algumas versões conhecidas:

* Ah Fadista (Vasco Rafael): Sérgio Nunes (1998)

* A Gente Cresce, Cresce (Joel Branco): Kirka [Sateinen Päivä] (1981), Al Mouraria (2006)

* Amigo Brasileiro (Amália): Gloria de Lourdes (1983)

* A Nossa Serenata (Cândida Branca-Flor) - Tuna Feminina do ISEP (2005)

* Canção do Beijinho (Herman José): Quim Barreiros E O Seu Super Trio (1981); Azeituna; Dr. Carne Crua (1996), Paião (2018)

* Eu Já Namoro / O Meu Avôzinho (Pedro Couceiro): Manuel João (1985)

* Não Me Cantes Esse Fado (Nuno Câmara Pereira): José Gonzalez ()

* O Senhor Extraterrestre (Amália Rodrigues): Mesa (2007), Gisela João (2016), Maja Milinković (2017), Paião (2018)

* Trocas e Baldrocas - (Cândida Branca-Flor): Harmony Cats (1983)

* Tudo Bem (Alexandra): Fáfa de Belém (1993)

* Uma Árvore, Um Amigo (Joel Branco): Nuno Miguel Henriques (2017)

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Tributo Paião

A superbanda de homenagem a Carlos Paião junta Marlon (Os Azeitonas), Jorge Benvinda (Virgem Suta) João Pedro Coimbra (Mesa), Via e Nuno Figueiredo (Virgem Suta/Ultraleve).

"Pó de Arroz" foi o single de apresentação do álbum Paião. O álbum foi lançado em Outubro de 2018.


Alinhamento: Pó de Arroz, Cinderela, Não Há Duas Sem Três, Souvenir de Portugal, Vinho do Porto (Vinho de Portugal), Zero a Zero, Play Back, 8.Ga-Gago, Canção do Beijinho, O Senhor Extraterrestre,  Cinderela (Radio Version)

https://www.facebook.com/tributopaiao/?tn-str=k*F


segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Paião apresenta



Paião é o nome de um novo projecto de tributo a Carlos Paião que é composto por João Pedro Coimbra (Mesa), Via, Marlon (dos Azeitonas) e Jorge Benvinda e Nuno Figueiredo dos Virgem Suta).


O projecto foi criado no ano em que se assinalam os 30 anos da morte de Carlos Paião. Estrearam-se ao vivo no Terreiro do Paço no dia 6 de Maio, durante o programa do Festival Eurovisão da Canção.


O vídeo de apresentação, que conta com participação da modelo Angelina Pavli, é uma versão de “Pó de Arroz” e estreou em 23 de Abril deste ano.


O álbum “Paião” estava previsto para o mês de Maio mas ainda não foi lançado.


https://infocul.pt/cultura/projecto-de-tributo-a-carlos-paiao-junta-artistas-de-varias-vertentes-musicais/


Youtube


https://www.youtube.com/channel/UC-13pMB9swi5d7-gevUHdBg

domingo, 20 de maio de 2018

Glória de Lourdes



O álbum "Amigo Brasileiro" de Glória de Lourdes, editado no Brasil em 1983, inclui dois temas de Carlos Paião: "Amigo Brasileiro" e "Este Dia É Mais Um Dia". "Amigo Brasileiro" era o lado B do Máxi-single "O Senhor Extraterrestre" de Amália Rodrigues lançado no ano anterior.



Mário Martins já tinha referido, em entrevista à RDP-Antena 1, que Carlos Paião tinha escrito para "uma Fadista brasileira que tinha que ausentar-se de Portugal e que precisava urgentemente de um inédito".



É assim mais um disco a contar com temas de Carlos Paião embora seja pouco referido. O álbum foi reeditado em CD.



GLÓRIA DE LOURDES (MARIA DA GLÓRIA PIRES) NASCEU NA ALDEIA DE SENDIM - CONSELHO DE MIRANDA DO DOURO, DISTRITO DE BRANGANÇA - PROVÍNCIA DE TRÁS-OS-MONTES - PORTUGAL.