domingo, 20 de maio de 2018

Glória de Lourdes



O álbum "Amigo Brasileiro" de Glória de Lourdes, editado no Brasil em 1983, inclui dois temas de Carlos Paião: "Amigo Brasileiro" e "Este Dia É Mais Um Dia". "Amigo Brasileiro" era o lado B do Máxi-single "O Senhor Extraterrestre" de Amália Rodrigues lançado no ano anterior.



Mário Martins já tinha referido, em entrevista à RDP-Antena 1, que Carlos Paião tinha escrito para "uma Fadista brasileira que tinha que ausentar-se de Portugal e que precisava urgentemente de um inédito".



É assim mais um disco a contar com temas de Carlos Paião embora seja pouco referido. O álbum foi reeditado em CD.



GLÓRIA DE LOURDES (MARIA DA GLÓRIA PIRES) NASCEU NA ALDEIA DE SENDIM - CONSELHO DE MIRANDA DO DOURO, DISTRITO DE BRANGANÇA - PROVÍNCIA DE TRÁS-OS-MONTES - PORTUGAL.

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

OUTROS TEMAS - VIDEOS



* Carlos Paião & Manuela Bravo - Cegonha
Publicado a 20/01/2014


Carlos Paião e Manuela Bravo interpretam o tema "Cegonha", no programa "Já Está", apresentado por Joaquim Letria em 1987.
https://www.youtube.com/watch?v=1RhEJgFJvlY


* Carlos Paião & Manuela Bravo - Quero 
Publicado a 20/01/2014


Carlos Paião e Manuela Bravo interpretam o tema "Quero", no programa "Já Está", apresentado por Joaquim Letria em 1987.
https://www.youtube.com/watch?v=i19y6JGmNhg


* Carlos Paião O Jaquim 
Publicado a 11/09/2013


Tema inédito interpretado no programa"O Foguete"
https://www.youtube.com/watch?v=w-SQBPAskxU


* Carlos Paião Tó Kratintas
Publicado a 05/06/2011


Tema inédito interpretado no programa"O Foguete"
https://www.youtube.com/watch?v=oAN5_dqTEV8


* Cavalo à Solta 
Publicado a 06/03/2013


No Festival RTP da Canção (1986)foi interpretada uma nova versão pela maioria dos vencedores do Festival.
https://www.youtube.com/watch?v=unuxgA5bKOo


* Carlos Paião Festival da Figueira da Foz 1984 
Publicado a 28/06/2011


A divulgação do vencedor é feita pelo apresentador Sansão Coelho. A canção tem o título PELA FÉ, PELA PÁTRIA, PELO REI - é a canção com mais portugalidade de ESTE É UM DOCUMENTO ÍMPAR E HISTÓRICO. IMPERDÍVEL E A SER RECUPERADO COM TODA A URGÊNCIAABSOLUTAMENTE NOTÁVEL E A JUSTIFICAR UM ABAIXO-ASSINADO AO MUNICÍPIO DA FIGUEIRA PARA FAZER UMA EDIÇÃO DESTA HISTÓRICA CANÇÃO - NOTABILÍSSIMA, TALVEZ A MELHOR DE CARLOS PAIÃO (foz do mondego, lda. foz do mondego)
 
https://www.youtube.com/watch?v=7iLywHeT3J0

*Teledisco Discoteca / Cangurik - Amigos Clube Disney
https://www.youtube.com/watch?v=3_lA4uxmQnQ&list=UUC73WxoDvaP-gDhJgMuLwLg

* Canal CarlosPaião1
https://www.youtube.com/channel/UCC73WxoDvaP-gDhJgMuLwLg

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

PROGRAMAS RTP

 ERA UMA VEZ


Era Uma Vez… é um programa em que, em episódios de curta duração – cerca de 10 minutos – se contam histórias tradicionais para crianças.

(...) as canções são assinadas por nomes sonantes da música ligeira, que musicaram as letras escritas por Maria Alberta Menéres.

Fugindo à regra dos restantes músicos convidados, que se faziam acompanhar pela viola, Carlos Paião utilizou um sintetizador.

Era Uma Vez… foi exibido às quartas-feiras, no Brinca Brincando.
4º. O Gato das Botas (11/11/1987) Convidado: Carlos Paião


ROQUE E ROLE

Roque e Role foi produzido em 1987, mas apenas exibido a partir do último trimestre de 1988.
O programa com Carlos Paião foi propositadamente exibido no dia 26/11/1988, como homenagem pelos 3 meses do seu desaparecimento.

link brinca brincando

O FOGUETE


link brinca brincando

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Canções e memórias são o melhor presente deixado por Carlos Paião


“Vou contar-lhe uma coisa. Ain­da há uns dois meses me vieram aqui bater à porta. Eram duas crianças com 5 ou 6 anos que tinham aprendido uma música na escola, e, como sabiam que era do meu filho, quiseram vir cantá-la para mim. E foi tão giro estarem ali a cantar a ‘Cinderela’ à minha porta. Também no outro dia, no supermercado, encontrei uma criança a cantar o ‘Vinho do Porto’, acredita? E essas coisas simples são uma consolação e uma alegria tremendas. Ver crianças de uma geração tão posterior à do Carlos a cantarem as canções dele”. É habitual Ofélia Marques emocionar-se com a “presença” constante do filho, Carlos Paião, no seu dia-a-dia, tantas vezes trazida no embalo da imortalidade das suas músicas. E é fácil perceber quão orgulhosa fica a antiga professora primária, hoje com 82 anos, pelo reconhecimento que é prestado ao filho, falecido em 1988, aos 30 anos. O que Ofélia garante que não esperava era a homenagem que, hoje, Ílhavo, a sua terra natal e local onde Carlos Paião passou os primeiros sete anos da sua infância, começa a prestar ao cantautor que teria celebrado 60 anos na passada quar­ta-feira. “Fui apanhada de surpresa e fico muito emocionada por perceber que ele não está esquecido”, revela, de voz embargada, em conversa telefónica com o Diário de Aveiro. Devido a questões de saúde, Ofélia Marques e o marido, Carlos Paião, não vão poder estar presentes em nenhum dos dias da Milha - Festa da Música e dos Músicos de Ílhavo, que se prolonga até domingo. Mas como este evento foi recebido pelo casal como um presente para eles, conforme o nosso jornal percebeu durante a conversa - “seria uma alegria enorme poder assistir a essa homenagem e viver esse momento” -, o guião destas linhas será construído com frases e memórias desfiadas por Ofélia Marques. Na “Milha”, “Carlos Paião é o mote”, resume Luís Ferreira, director do 23 Milhas que, em parceria com a Associação Artística Cais do Som, promove um evento que vai envolver cerca de 600 músicos do concelho. Serão três dias de festa que integra dez concertos na Casa da Cultura de Ílhavo e na Fábrica das Ideias da Gafanha da Naza­ré, mas que inclui ainda duas oficinas sobre a obra de Carlos Paião. Tudo de entrada livre.

ADÉRITO ESTEVES, DIARIO DE AVEIRO, 03/11/2017

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

MILHA - Festa da Música e dos Músicos de Ílhavo




03 Novembro 2017 a 05 Novembro 2017 - SEX-DOM


Na comemoração do 60.º aniversário do nascimento de Carlos Paião, pusemos o microfone à frente, pouco disfarçadamente, de dezenas de músicos ilhavenses. Mas, na Milha, a premissa de Carlos Paião de que não é necessário saber cantar, tão pouco assobiar, não é válida: a primeira edição da Festa da Música e dos Músicos de Ílhavo vai promover e valorizar o que há de melhor na cultura musical do Município de Ílhavo. Por isso há festa, não há gente como esta: os grupos e artistas que integram a Milha são transversais a todas as áreas da música, do popular ao erudito; bandas filarmónicas, grupos corais, ranchos e grupos de cantares, bandas e músicos profissionais, todos estes grupos coexistem em Ílhavo.

Na Milha, serão desafiados a interagir, partilhar e criar, dinamizando a produção musical do concelho, criando pontes entre os vários agentes e criando, a partir daqui, um desafio anual que vai constituir uma plataforma permanente de contacto entre os pares.


Para os dias 3, 4 e 5 de novembro, o 23 Milhas propõe um programa de dez espetáculos e duas oficinas para a comunidade, incluindo uma homenagem ao músico ilhavense Carlos Paião. A festa contempla a participação de mais de 600 músicos amadores, semiprofissionais e profissionais ilhavenses. Três dias de festival em dois dos espaços do 23 Milhas, a Casa da Cultura de Ílhavo e a Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré. Uma parceria 23 Milhas e Cais do Som, responsável pela direção artística da Milha.


 3 NOVEMBRO SEXTA-FEIRA
CASA CULTURA ÍLHAVO
09:30 Oficina Carlos Paião para a comunidade Escolar
21:00 Escola Música Soprano
Enquanto descobrem as primeiras notas e acordes nas escolas de música, os jovens enfrentam o crivo do público.
21:30 Edevez
Lançamento novo álbum Banda irreverente de hard-rock português, com uma sonoridade dos anos 70 e 80, deambulando por outras correntes, conhecidos por atuações enérgicas e cativantes.


4 NOVEMBRO SÁBADO
CASA CULTURA ÍLHAVO
15:00 Orfeão da Santa Casa da Misericórdia de Ílhavo
O foyer da Casa Cultura ganha esplendor com as portentosas vozes do Orfeão da Santa Casa da Misericórdia.
15:30 Vanessa Marques Oliveira (voz) e André Imaginário (guitarra)
16:00 Concerto Solistas António Justiça (guitarra) e Maria João Balseiro (flauta)
Os músicos ilhavenses António Justiça (guitarra) e Maria João Balseiro (flauta) interpretam obras do repertório clássico numa tarde de grandes concertos na Casa da Cultura de Ílhavo.
17:00 Freddy Strings (voz e guitarra)
Integrando vários projetos coletivos e tendo experiências musicais diversas, neste concerto, Freddy (voz e guitarra), interpreta temas originais, e não só, com o seu estilo característico.
21:30 Espetáculo Novo Popular - Óscar Marcelino da Graça + Ranchos Folclóricos Ilhavenses
Neste espetáculo, a tradição entrelaça-se com a inovação para contar a história de Ílhavo através das danças e cantares interpretadas por grupos de folclore do concelho e pelas improvisações do pianista de jazz Óscar Graça.
23:00 Patinho Feio
Concerto After Hours A criatividade faz parte do ADN do Patinho Feio. Neste concerto, o grupo interpreta temas originais, compostos pela banda, com energia e irreverência.

5 NOVEMBRO DOMINGO
FÁBRICA IDEIAS GAFANHA DA NAZARÉ
10:00 Oficina Carlos Paião para as famílias
16:30 Escola de Música Serenata
Dar a conhecer o breve percurso musical dos jovens ilhavenses é um objetivo que a Escola de Música Serenata pretende concretizar neste concerto. Para o público, será um momento de descoberta; para os alunos será um momento de crescimento.
17:00 Concerto Carlos Paião com Big Band
Neste concerto de homenagem a Carlos Paião, no ano em que comemoraria o seu 60o aniversário, é constituída uma “Big Band” com músicos da Filarmónica Gafanhense e da Banda dos Bombeiros Voluntários de Ílhavo, Andreia Alferes, Andreia Marques Oliveira, Ricardo Fino e a comunidade educativa e as famílias (Oficinas Carlos Paião). Um vasto e variado elenco junta-se para celebrar Carlos Paião. Músicos das filarmónicas, cantores profissionais e semiprofissionais dos géneros pop e fado, interpretam o ilustre artista ilhavense de uma forma criativa, com arranjos musicais elaborados para este concerto.


OFICINAS

Oficina Carlos Paião
3 novembro sexta-feira 10:00
Casa Cultura Ílhavo

As oficinas criam dinâmicas que privilegiam a experimentação. Na oficina Carlos Paião, os alunos são convidados a descobrir parte do repertório do músico ilhavense e experimentar a interpretação de alguns temas tendo em vista a participação no Concerto Carlos Paião.
formador Paulo Neto
público-alvo sessão exclusiva para público escolar
dirigido a crianças dos 10 aos 14 anos
duração aprox. 2h inscrição prévia obrigatória




Oficina Carlos Paião
5 novembro domingo 10:00
Fábrica Ideias Gafanha da Nazaré


Esta é uma oficina para as famílias. Os participantes também são convidados a descobrir parte do repertório do músico ilhavense e experimentar a interpretação de alguns temas tendo em vista a participação no Concerto Carlos Paião.
formador Paulo Neto
dirigido a crianças dos 6 aos 10 anos
duração aprox. 2h
inscrição prévia obrigatória



M/3
limitado à lotação do espaço
gratuito


http://www.23milhas.cm-ilhavo.pt/frontoffice/pages/3?event_id=1445


http://www.23milhas.cm-ilhavo.pt/frontoffice/pages/50?event_id=1461