quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Discoteca



Tens ao pe de ti o teu amor
Que sorri, sonhador
Dança parada, sem compasso
Embalada num abraço

Vieste distrair na discoteca
O disco toca, ataca muito slow, oh…

Esse mal de amor que tu atrais
É bom demais, é bom demais…
Fecha os olhos, deixa ver o som
É mais que bom, é ais que bom

Só cabelos encostados
Os sentidos desligados lentamente…

REFRÃO:
Na alma sonhos de boneca
Na discoteca, oh, na discoteca
Na alma sonhos de boneca
Na discoteca, oh, discoteca…discoteca

Tens o teu amor ma-luz
Num calor que seduz
Vou respirar o teu perfume
Devagar, num queixume

Suspiros sussurados ao ouvido
Ideias que o barulho misturou, oh…

Esse mal de amor que tu atrais
é bom demais, é bom demais…
Fecha os olhos, deixa ver o som
é mais que bom, é ais que bom

Nos afagos que demoras
Não há ai, nem mãe, nem horas, nem liceu

REFRÃO

http://letras.cifras.com.br/carlos-paiao/discoteca
http://carlos-paiao.letrasdasmusicas.com.br/discoteca-letra.html

1 comentário:

Judith disse...

Muito bom... Tantas Saudades